Filmes: Maze Runner: Prova de Fogo

Foto: Reprodução da Internet

Foto: Reprodução da Internet

Lançamento: 17 de setembro de 2015

Elenco: Dylan O´Brien, Aidan Gillen, Kaya Scodelario.

Direção: Wes Ball

Gênero: AVENTURA, AÇÃO, FICÇÃO CIENTÍFICA

Duração: 131 min.

Pontuação: 🌟 🌟 🌟 

Prepara a pipoca porque tem estréia!!!

Sinopse: Após escapar do labirinto, Thomas e os garotos que o acompanharam em sua fuga da Clareira precisam agora lidar com uma realidade bem diferente: a superfície da Terra foi queimada pelo sol e eles precisam lidar com criaturas disformes chamadas Cranks, que desejam devorá-los vivos.

Neste segundo filme da franquia Maze Runner, realmente o labirinto ficou para trás. O grupo de jovens  liderados por Thomas (Dylan O’Brien) seguem sua saga  ainda cheios de dúvidas e incertezas sobre o passado, o presente e o futuro.
O filme inicia horas depois dos jovens serem resgatados por um grupo e retirados da organização C.R.U.E.L. Porém ao chegarem no “abrigo”, descobrem que não estão tão seguros assim e que ainda vivem sob a sombra da C.R.U.E.L.

Na jornada dos jovens pelo deserto percebem que o inimigo agora não é apenas um. A mudança na atmosfera, os monstros Cranks (resultado de um vírus que infectou a humanidade), a organização C.R.U.E.L e o que restou de uma sociedade sem regras são os novos perigos que o grupo tem que enfrentar.

Em comparação ao Correr ou Morrer, primeiro filme da série, Prova de Fogo dá um salto no quesito produção cinematográfica. Os cenários trazem mais elementos, os efeitos especiais são muito bem feitos, como as cidades devastadas, e os “zumbis” são bem produzidos.  A fotografia está digna de um Blockbuster e para os amantes de ação e ficção ele não deixa a desejar.

Alguns pontos negativos do filme são: O não desenvolvimento dos personagens além de Thomas e Teresa,  principalmente porque o filme segue na perspectiva de Thomas. Além de muita coisa acontecendo ao mesmo tempo o que impede que outras tramas do roteiro sejam desenvolvidas.
O que diferencia Maze Runner de outros filmes distópicos da atualidade como, Jogos Vorazes e Divergente, é a questão de não revelar todo o mistério por trás da trama, o que provavelmente será revelado no último filme.
O personagem principal, Thomas, se mostra como o típico herói, fazendo com que sua prática se torne até um tanto clichê.

Além dos personagens já conhecidos do primeiro filme, Prova de Fogo trás personagens novos como: Brenda (Rosa Salazar) conseguiu minha simpatia em metade do filme do que a Teresa em dois filmes , Jorge (Giancarlo Esposito) e Jason (Aidan Gillen). Além disso o filme chega a abordar questões mais maduras como menções ao uso de drogas e lutas sangrentas.

Maze Runner, trás elementos importantes a se pensar como: Até que ponto a ciência deve ir para atingir seus objetivos; a liberdade em troca da segurança e até onde o ser humano pode persistir em sua coragem e busca por mudança coletiva.
Apesar de alguns pontos negativos, o filme é um bom entretenimento, que supera o primeiro, consegue te prender do começo ao fim e vale a pena assistir.

Por: Camila Matias e Renata Guimarães

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s