Livro: A Última Carta de Amor

CAPA-A-Última-Carta-de-AmorTítulo: A última carta de amor

Autor: Jojo Moyes

Editora: Intrínseca

Número de páginas: 378

Lançamento: 2012

Pontuação: ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

 

Sinopse: Londres, 1960. Ao acordar em um hospital após um acidente de carro, Jennifer Stirling não consegue se lembrar de nada. Novamente em casa, com o marido, ela tenta sem sucesso recuperar a memória de sua antiga vida. Por mais que todos à sua volta pareçam atenciosos e amáveis, Jennifer sente que alguma coisa está faltando. É então que ela descobre uma série de cartas de amor escondidas, endereçadas a ela e assinadas apenas por “B”, e percebe que não só estava vivendo um romance fora do casamento como também parecia disposta a arriscar tudo para ficar com seu amante. Quatro décadas depois, a jornalista Ellie Haworth encontra uma dessas cartas endereçadas a Jennifer durante uma pesquisa nos arquivos do jornal em que trabalha. Obcecada pela ideia de reunir os protagonistas desse amor proibido — em parte por estar ela mesma envolvida com um homem casado —, Ellie começa a procurar por “B”, e nem desconfia que, ao fazer isso, talvez encontre uma solução para os problemas de seu próprio relacionamento. Com personagens realísticos complexos e uma trama bem-elaborada, A última carta de amor entrelaça as histórias de paixão, adultério e perda de Ellie e Jennifer. Um livro comovente e irremediavelmente romântico.

Jojo Moyes, mais uma vez, desperta nossa atenção e tira nosso fôlego com uma história de amor arrebatadora, ou melhor, duas histórias, nos fazendo mergulhar na vida dos personagens e nos prendendo até a última página. Confesso que eu “comi” o livro rsrs. Como eu já havia lido outros dois livros de Moyes – Como eu era antes de você e Um mais um (próxima resenha!) – já sabia que não podia esperar menos que o melhor desse livro.

A trama possui duas protagonistas – Jennifer Stirling, que vive na década de 60, e Ellie Haworth, que vive nos anos 2000. O livro é dividido em três e a maior parte dele gira em torno de Jennifer. Quando comecei a ler achei meio confuso, já que os capítulos vão se alternando em como era a vida de Jennifer antes e como ficou depois do acidente, então é bom prestar um pouco mais de atenção para entender a história. Mas mesmo assim, a leitura não é difícil, é leve e fácil de se situar nessa questão do tempo. Uma coisa que também chamou bastante minha atenção é que entre um capítulo e outro vem trechos de cartas, mensagens de amor de pessoas que própria autora pesquisou para acrescentar ao livro.

Estarei na plataforma 4, às 19h15, sexta – feira à noite, e nada no mundo me faria mais feliz do que você encontrar coragem para vir comigo.

Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças, em suas mãos.

Seu, B.”

A história fala sobre as idas e vindas do amor, sobre traições e sentimentos que podem durar o resto da vida e as “loucuras” que fazemos para viver tais paixões. A autora também nos presenteia com duas personagens distintas e como o papel da mulher na sociedade mudou com o passar dos anos. Além disso, Jojo Moyes consegue fazer com que essas duas mulheres se cruzem, mudando o rumo de suas vidas para sempre.

Super recomendo o livro e garanto que a leitura será ESPETACULAR!!!!!!

 

Por Julieta: Renata Guimarães

Anúncios

Meus 10 casais preferidos do cinema

Hoje o QDJ está em clima de romance, e pensando nisso listei meus 10 casais favoritos que já apareceram nas telonas, então vem comigo:

 

Will Traynor e Louisa Clark

Como eu era antes de você

Me-Before-You-trailer-is-out-and-it-would-make-you-cry-too-much

Sei que ainda não estrou nos cinemas, mas esse casal que nos fez ter diversas emoções e ao chorar ao ler o ultimo capítulo do livro não podia ficar de fora como um dos meus casais favoritos. A luta de Louisa para fazer com que Will mude de ideia e não busque na morte o escape para sua dor é emocionante, apesar do final não ser como ela nem nós esperávamos.

Caleb Holt e Catherine

À prova de fogo

myeSUKD

Caleb é um profissional exemplar e tem como princípio nunca deixar seu companheiro para trás numa situação de perigo. Vendo seu casamento fracassar ele aceita de seu pai fazer o desafio do amor. Assim Caleb tem 40 dias para salvar seu casamento e faz de tudo para conseguir. Apesar de uma resistência de sua esposa, no final todo esforço e dedicação valem a pena e eles tem o final esperados por todos, uma linda reconciliação

 

Holly e Gerry 

P.S. Eu Te Amo

ffffffffffffffffffffffffffffff

Após a morte de Gerry, Holly fica sem rumo e direção, entrando em uma profunda depressão. Então ela descobre cartas deixadas pelo seu amado esposo antes de partir, o que a levam a dar um novo sentido em sua vida. Esse casal nos mostra que o amor e carinho vai além da vida e que todos merecem um novo recomeço.

Margaret Tate e Andrew Paxton

A proposta

flicks_review5-1_18

Esse casal  fez muita gente dar muitas risadas ao se meterem em diversas confusões. Para não se deportada  ela tenta enganar a imigração inventando um casamento de fachada com seu assistente. O pior que a família do “noivo” quer conhece – la o que levam a entrar em muitas enrascadas e no final um amor passa a surgir.

 

Page e Leo

Para sempre

parasempre

Casados e felizes vem suas vidas serem transformadas, após um terrível acidente, que leva parte da memória de Page embora. Fazendo com que ela esqueça de Leo, o que faz com que ele tenha que reconquista la novamente, o que não parece uma tarefa muito fácil, pois ela parece estar bem diferente após o acidente. O final fica a gosto da imaginação de cada um.

Katharina e Patrick

10 coisas que odeio em você

aaaa

E quem não se apaixonou pelo casal nada convencional  Katharina e Patrick, com eles podemos perceber que não existe casal perfeito.  Contratado para conquistar Katharina para que sua irmã possa namorar Joey, Patrick acaba se apaixonando pelo seu jeito de ser.

 

Henry Roth e Lucy Whitmore

Como se fosse a primeira vez

maxresdefault (2)

Quem nunca quis alguém que a conquistasse todos os dias? Bom podemos dizer que  Henry Roth sabe muito bem como fazer isso, não é mesmo? Ao descobrir que a mulher por quem estava apaixonado sofria por falta de memória de curto prazo, faz de tudo para conquista lá todos os dias para poder ficar ao seu lado

Landon e Jamie Sullivan

Um amor para recordarmaxresdefault (1)

Ambos com personalidades e pensamentos diferentes um do outro, fizeram muita gente se apaixonar   e chorar com um final não desejado, porém inesquecível.

Vada e Thomas

Meu primeiro amor

PAIXAO

Vada e Thomas são melhores amigos e essas duas crianças nos mostram a descoberta de um amor puro e simples e que fez muita gente se derreter ao darem o primeiro selinho um no outro.

Alex e Rosie

Simplesmente acontece

sex-love-life-2015-02-trust-again-main

Depois de assistir esse filme e derramar muitas lágrimas, chego a conclusão que o amor pode estar mais perto do que imaginamos. Rosie e Alex parecem que nunca terão seu felizes para sempre, depois de separados seus caminhos e prioridades são outros, apesar de nunca se afastarem um do outro, se comunicam sempre através de mensagens. E para alegria de todos os amantes de um bom romance, no final Alex vai atras de Rosie e finalmente ficam juntos.

E que tal, nesse dia assistir um desses casais com alguém especial?

Então prepara a pipoca!

Feliz dia dos namorados!

Por Julieta: Thays de Oliveira 

 

Séries: Jane the Virgin

Jane-the-Virgin

Gênero: Comédia romântica

Duração: 42 minutos

Nº de episódios: 22 episódios

Elenco:  Gina Rodriguez, Justin Baldoni, Jaime Camil, Yael Grobglas, Andrea Navedo, Brett Dier

Premiações: Globo de ouro de melhor atriz em série de comédia ou musical 2015/ People’s Choice Award: Nova Série Cômica 2015

Status: Renovada

Não tem quem não goste de uma novela mexicana não é? Imagina uma série com o tom novelesco, com direito a narrador com sotaque espanhol? Jane The Virgin, ou Jane a virgem, consegue nos prender a cada episódio, seja pelos personagens mega engraçados ou pelos suspenses e mistérios ao longo da trama.

Chapter Fifteen

Sinopse: Quando Jane (Gina Rodriguez) era mais nova, a avó dela a convenceu de duas coisas: telenovelas são a melhor forma de entretenimento, e mulheres devem proteger a virgindade a qualquer custo. Agora, aos 23 anos, a vida de Jane tornou-se tão dramática e complicada quanto as telenovelas que ela sempre amou, após uma série de surpreendentes eventos que fizeram com que ela fizesse, acidentalmente, uma inseminação artificial.

jane3Jane é uma jovem de 23 anos que está acabando a faculdade e sonha em ser escritora. Mora com sua mãe e sua avó em Miami e trabalha como garçonete em um dos hotéis mais famosos da região. Jane também está noiva de Michael, um deteve que é completamente apaixonado por ela, tão apaixonado que decide esperar até o casamento para ter relações sexuais com Jane, que prometeu a sua avó e a si mesma se manter virgem até o casamento, convenhamos que isso não é fácil, ainda mais para uma mulher de 23 anos. Jane tem todo seu futuro devidamente planejado e quase agendado, Jane é super perfeccionista. Tudo parece estar perfeito, até Jane ir a uma consulta no ginecologista e acidentalmente passar por uma inseminação artificial, e depois descobrir que está grávida do seu chefe, Rafael, o dono do Hotel ondejane-virgin-season-1-spoilers trabalha. Como explicar ao mundo que Jane é uma grávida virgem? Pois é, já sentiu o novelão que é essa história né?! E é nesse clima de novelão mexicano que a trama se desenvolve, além da gravidez inesperada, a série tem triângulo amoroso, criminosos disfarçados, vilã a lá Maria do Bairro e ainda ator de novela mexicana. Mas todo esse clima é regado de muita comédia. A série brinca com o tom novelesco o que a faz ser leve e cativante. As atuações são incríveis, principalmente de Gina Rodrigues, intérprete de Jane que nos faz rir e se emocionar a cada episódio. A série também tem participações

Jane The Virgin -- "Pilot" -- Image JAV100b_0289 -- Pictured (L-R): Gina Rodriguez as Jane and Andrea Navedo as Xiomara - Photo: Greg Gayne/The CW -- © 2014 The CW Network, LLC. All rights reserved.

especiais de alguns cantores como Britney Spears e Bruno Mars. Vale muito a pena acompanhar a história de Jane, que mesmo com todos os acontecimentos loucos que a cercam, decide levar sua promessa a sério, e se entregar ao homem que será dela por toda a vida. Vale lembrar que a série é produzida pela The CW e foi renovada para 3 temporada. Pode ter certeza que você irá dar muitas gargalhadas e muitos suspiros com essa série.

Por Julieta: Camila Matias

Livros: Uma curva no tempo

uma curva no tempo

Título: Uma curva no tempo

Autora: Dani Atkins

Gênero: Romance/Ficção

Ano: 2015

Páginas: 235

Editora: Arqueiro

Pontuação:

Sinopse: A noite do acidente mudou tudo… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo.
Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim… Ou funciona?
A noite do acidente foi uma grande sorte… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou.
Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

Em meio a um mar de livros na bienal, esse me chamou a atenção primeiro pela capa simplesmente linda e em seguida por uma  sinopse um tanto curiosa, mas confesso que nas primeiras páginas pensei ser mais um romance cheio de clichês, porém estava completamente enganada. Se tivesse apenas uma palavra para descrever esse livro seria fascinante. Tudo ocorre a partir de um acidente, um acidente que muda a vida de Rachel, nossa protagonista, ou devo dizer as vidas de Rachel. A história começa com sete amigos que estão se formando no colegial, felizes e esperançosos com a nova vida que esperam ter. Rachel, Jimmy, Matt, Sarah,Trevor, Phil e Cathy  vão comemorar a formatura em um restaurante local. Rachel é a típica garota tímida que tem a sorte de namorar o cara mais lindo e popular do colégio Matt, que apesar de toda beleza preserva uma leve competição com Jimmy, melhor amigo de Rachel. A noite parecia ser perfeita, até um carro desgovernado descer a ladeira e adentrar o restaurante exatamente em direção a mesa onde os amigos comemoravam. E é ali que tudo muda. Cinco anos depois vemos Rachel sozinha em Londres carregando em si diversas cicatrizes de um passado triste, tanto em seu rosto quanto em sua alma. Assolada por fortes dores de cabeça, sequelas do acidente, um pai muito doente, um emprego não tão bom assim e a culpa pela morte do amigo, a vida de Rachel não é a que ela sonhava há cinco anos atrás. Porém ao voltar a sua cidade natal, para o casamento de sua melhor amiga Sarah, Rachel é confrontada pelo passado, o que lhe causa um mal estar tão grande que a faz parar no hospital. Ao acordar tudo está diferente, a vida de Rachel está completamente mudada. Seu pai está ótimo de saúde, ela está noiva e seu melhor amigo Jimmy está vivo. E é aí que a história começa a levar e fazer o leitor mergulhar no grande mistério das vidas de Rachel. Em certo momento você está tão confuso quanto a personagem principal que tenta a todo tempo tentar entender o que aconteceu com ela, o por que não se lembra de nada dessa “nova vida” e por que suas lembranças são apenas os terríveis acontecimentos pós acidente. Além disso, Rachel insiste em provar a todos que aquela não é sua vida. Uma viagem no tempo? Uma dimensão paralela? Ou ela simplesmente está louca? Essas são as inúmeras questões que abarcam a história e o leitor. Dani Atkins, nos apresenta em seu primeiro livro personagens carismáticos e envolventes. Não tem como não se apaixonar pela amizade de Rachel e Jimmy, principalmente por Jimmy. Você fica desejando um amigo como Jimmy – compreensivo, companheiro, amável, sempre pronto a ajudar e dar tudo de si. Além de Jimmy outra personagem encantadora é Sarah, melhor amiga de Rachel, aquela melhor amiga que toda garota tem que ter. O livro é recheado de trechos fortes como uma noite chuvosa em um cemitério, uma perseguição no metrô e uma noite romântica em Londres que envolvem provocando no leitor um misto de emoção, agonia, desespero e até falta de ar rsrs . É incrível como a autora faz o leitor se sentir realmente dentro da história.  O que toda a saga de Rachel nos mostra é como muitas das vezes deixamos as oportunidades passarem por nós e cegos pelo momento não as agarramos, ou mesmo quando situações e acontecimentos podem nos fazer perder o chão e mudar o rumo de nossa história, porém, apesar de tudo a vida encontra uma forma de nos dar uma segunda chance de mudarmos nosso destino. Esse é um daqueles romances para ler com o lencinho do lado. Atkins sabe trabalhar os clichês de forma sutil com apenas o propósito de complementar a história. Um ponto negativo no livro são alguns personagens que nos são apresentados no início da história e que simplesmente somem ao longo dela, não são desenvolvidos nem mencionados, porém isso não afeta o desenrolar da trama. Uma leitura leve, envolvente e com um dos finais mais lindos que já li em um romance. Para descrever em uma só palavra esse  final seria: reconfortante. Uma das melhores leituras de 2015 que com certeza vai te deixar com aquela boa ressaca literária. Vale muito a pena a leitura!

Por Julietas: Camila Matias e Renata Guimarães 

Filmes: A incrível história de Adaline

Poster A incrível história de Adaline

Foto: Reprodução da Internet

Lançamento: 21 de maio de 2015

Duração: 1 h e 53 minutos

Gênero: Romance, fantasia, drama

Elenco: Blake Lively, Michiel Huisman, Harrison Ford

Direção: Lee Toland Krieger

Pontuação: 🌟 🌟 🌟

Sinopse: Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

Confesso que não sou muito fã de filmes românticos, porém  A incrível história de Adaline funciona muito mais como uma fábula encantada ou até mesmo um drama do que um romance em si. Adaline é uma jovem linda, claro olha só quem é a intérprete, a eterna Serena Vanderwoodsen xoxo rsrsrs, que tinha a vida perfeita exceto pela morte precoce do marido que lhe deixou uma filha. Sua vida então muda após o acidente de carro, mas não o acidente em si, mas o que ocorre no acidente. O acontecimento que torna Adaline imortal faz com que a história também permeia por um ar de ficção científica, e o fato da história ter um narrador ao longo da trama faz com que nos imaginemos dentro de um livro de fantasia. O eixo central da trama é mostrar o ponto negativo de ser jovem para sempre, algo que todos já desejamos uma vez na vida. Apesar de linda eternamente, Adaline sacrifica tudo em sua vida. A tranquilidade de um lar sólido, o medo de ser descoberta e usada para experiências faz com que Adaline se mude de 10 em 10 anos, a convivência com sua filha que acaba crescendo sozinha, afinal como explicar uma filha que é mais velha que sua mãe? Além disso tudo, Adaline se reserva a não ter um relacionamento amoroso, pois sabe o quanto difícil seria ver a pessoa amada envelhecer e morrer enquanto ela se mantém intacta no tempo. É muito interessante como a trama apresenta o dom de Adaline como uma maldição. Afinal vale mesmo a pena ser jovem e eterno? Um ponto negativo do filme seria o desenvolvimento dos personagens. Apesar das ótimas atuações, da própria Blake, da Ellen Burstyn que faz a filha de Adaline e a participação de Harrison Ford, a história foca apenas em Adaline não dando muito espaço para os personagens secundários. A história também tem alguns clichês como o Romance de Adaline com Ellis, porém o fato do filme não se propor a ser uma obra prima do cinema faz com que passamos por cima dos clichês e nos deliciemos com a linda história de Adaline. O filme é encantador e comovente e vale a pena assistir.

Por Julieta: Camila Matias

 

Livros: Como eu era antes de você

9fa41bf7ae7df66ba33fba1e7d82ea4cTitulo: Como eu era antes de você

Autor: Jojo Moyes

Ano: 2013

Páginas: 320

Editora: Intrínseca

Pontuação: ❤ ❤ ❤ ❤ ❤

“Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.”

 

Estou lhe dando isso porque poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas”. “É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida (…)”.

Não se apaixonar pela história de Louisa Clark e Will Traynor é praticamente impossível, não tem como ficar imune a esse amor tão inusitado e puro. Will era um homem muito ativo, mas sua vida muda depois que sofre um acidente e fica tetraplégico. Logo depois conhecemos Louisa, que quando fica desempregada acaba conseguindo o trabalho de cuidadora de um deficiente que acaba sendo Will, e nesse contrato de 6 meses nós começamos a acompanhar a história dos dois juntos. Os primeiros contatos dos personagens não são nada fáceis e de cara percebi que a relação entre eles ia ser difícil, mas com o desenrolar da história a amizade entre os dois vai crescendo e se tornando sólida, e com ela vem as mudanças na vida de cada um. Nisso eu fui me apaixonando cada vez mais pelos personagens, e o quão humanos eles são, com seus inúmeros problemas, frustrações, pequenas alegrias, a vontade de lutar pelo que deseja, coisas que encontramos no nosso dia a dia e até mesmo em nossas vidas. Louisa chega na vida de Will quando ele mais precisava, e é muito bonito ver o quanto eles crescem juntos, em como ele a ajuda mesmo com as suas limitações e mostra que é importante que ela cresça, mude alguns pensamentos e amplie seus horizontes, e ela que mostra a ele, um homem sem muitas esperanças, as possibilidades da vida e como é possível ser feliz mesmo com certas limitações. E assim eles vão descobrindo o amor juntos, e eu claro fui derretendo junto.

Eu poderia ficar ali a noite inteira, acima do resto do mundo, o calor da mão de Will na minha, sentindo que o pior começava a escoar devagar de dentro de mim.”

Eu conheci esse livro em umas das minhas “andanças” nas livrarias, olhei a capa e pensei que seria bem água com açúcar, ledo engano! Jojo tem uma narração maravilhosa, bem fácil de deslizar nas palavras, na qual ela colocou além do romance em si, problemas verdadeiros que os cadeirantes enfrentam, preconceitos, o valor de uma amizade e muitas outras coisas. A ressaca literária que tive com esse livro foi absurda, fiquei quase duas semanas sem ler outro porque só pensava nessa história que me fez rir, chorar (horrores), me apaixonar e refletir sobre muita coisa. Acho que maravilhoso é uma boa palavra pra definir esse livro que eu amei do começo ao fim, a história me emocionou de uma maneira absurda, e com certeza ele está nos meus favoritos. Então se você quer um livro que te deixe bem extasiado eu super recomendo esse.

PS: O livro virou filme e tem data de estréia prevista para 3 de junho de 2016, já estou ansiosa! rs

Por: Mayara Corrêa.